Influenciadores digitais no marketing - Infobase | Aplicações, Infraestrutura e Digital

Influenciadores digitais no marketing - Infobase | Aplicações, Infraestrutura e Digital

Educação

Veja mais seta

Logística, engenharia e construção

Veja mais seta

Mídia e entretenimento

Veja mais seta

Óleo, gás e energia

Veja mais seta

Previdência privada

Veja mais seta

Química e saúde

Veja mais seta

Serviços financeiros

Veja mais seta

Setor público

Veja mais seta

Analytics

Veja mais seta

Content strategy

Veja mais seta

Customer experience

Veja mais seta

Social Media

Veja mais seta

Menu

Indústrias

Menu

Educação

Logística, engenharia e construção

Mídia e entretenimento

Óleo, gás e energia

Previdência privada

Química e saúde

Serviços financeiros

Setor público

Educação

Logística, engenharia e construção

Mídia e entretenimento

Óleo, gás e energia

Previdência privada

Química e saúde

Serviços financeiros

Setor público

Educação

Logística, engenharia e construção

Mídia e entretenimento

Óleo, gás e energia

Previdência privada

Química e saúde

Serviços financeiros

Setor público

Tecnologias

Menu

Cloud Computing

Documentum

DotNetNuke

FileNet

Magento

.NET

Cloud Computing

Documentum

DotNetNuke

Drupal

FileNet

Java

Magento

Digital

Menu

Analytics

Content strategy

Customer experience

Social Media

Analytics

Content strategy

Customer experience

Social Media

Analytics

Content strategy

Customer experience

Social Media

Influenciadores digitais no marketing

A Infobase e a Interativa se reuniram com os melhores especialistas do mercado de tecnologia para desenvolver conteúdos exclusivos. Confira!

Influenciadores digitais no marketing

A Infobase e a Interativa se reuniram com os melhores especialistas do mercado de tecnologia para desenvolver conteúdos exclusivos. Confira!

O marketing de influência se tornou comum entre agências e marcas, que passaram a procurar influenciadores digitais para maior engajamento em campanhas publicitárias. Entender de que forma essas pessoas atuam nas redes sociais e as relações que constroem com o público pode fazer a diferença no mercado.

Saiba mais sobre esse novo modelo de marketing em nosso infográfico.

 

 

Influenciadores digitais no marketing

O acesso cada vez mais fácil e rápido a redes sociais e sites transformou o ambiente virtual em um excelente meio para as marcas se promoverem, especialmente no último ano, devido à pandemia.

Nesse cenário, a figura do influenciador digital ganhou importância. Essa pessoa usa as redes sociais para interagir com o público de uma forma descontraída e, muitas vezes, instantânea. Os influenciadores conquistaram credibilidade nesses espaços, dividindo ideias e opiniões, e, agora, divulgando produtos para pequenas e grandes marcas.

 


 

O público brasileiro

O Brasil tem a segunda maior média de acesso a redes sociais por dia, o que faz com que o contato de usuários com influenciadores seja tão frequente como com propagandas na TV e no rádio.

Filipinas ———- 225 minutos
Brasil ———- 216 minutos
Colômbia ———- 216 minutos
Nigéria ———- 216 minutos
Argentina ———- 207 minutos

 


 

O influenciador digital e o mercado

Apesar das incertezas causadas pela pandemia, o marketing de influencer continua popular e efetivo. Em uma pesquisa realizada neste ano, a Influencer Marketing Hub entrevistou cinco mil agências, marcas e profissionais da área para entender a relação com influenciadores.

90% dos entrevistados acreditam que o marketing de influência é eficaz
75% dos entrevistados pretendem dedicar um orçamento para influencers em 2021
67% das empresas entrevistadas utilizam influencers do Instagram
50,7% das empresas que trabalham com influencers são lojas de e-commerce

 


 

As redes mais populares

O Instagram continua sendo a rede social mais procurada por empresas que desejam fazer contratos com influenciadores digitais, porém, recentemente, o TikTok cresceu no mercado.

Utilização das redes sociais para campanhas com influenciadores

Instagram ———- 68%
TikTok ———- 45%
Facebook ———- 43%
YouTube ———- 36%
Linkedin ———- 16%
Twitter ———- 15%

Ao planejar uma campanha de marketing que envolva influenciadores digitais, é importante saber onde eles se encontram. A pesquisa da Influencer Marketing Hub também mostrou a diferença entre canais e número de seguidores.

 

Relação entre número de seguidores de influenciadores e presença nas redes

.                                                      INSTAGRAM             YOUTUBE               TIKTOK

Micro (<15K)                                    3,86%                        1,63%                     17,96%
Regular (15K – 50K)                        2,39%                        0,51%                      9,75%
Em crescimento (50K – 100K)     1,87%                        0,46%                      8,37%
Médio (100K – 500K)                      1,62%                        0,43%                     6,67%
Macro (500K – 1M)                          1,36%                        0,44%                     6,20%
Mega (1M+)                                       1,21%                        0,37%                      4,96%

 


 

Adaptações das marcas

Com a popularização do marketing de influência, as empresas adaptam seus planejamentos para incluir novas demandas financeiras. Das empresas participantes da pesquisa:

62% —– Pretendem aumentar o orçamento para marketing de influência
20% —– Esperam manter o mesmo orçamento de 2020
12% —– Ainda não sabem como o orçamento vai mudar
7% —– Pretendem diminuir o orçamento para esse segmento

Quanto mais rápido entender a dinâmica do marketing e colocar em práticas campanhas que envolvam influenciadores em redes sociais, melhor o resultado para as marcas. Até 2022, esse setor deve movimentar US$ 15 bilhões.

 

Crescimento estimado do marketing de influência

2016 —– U$ 1.7B
2017 —– U$ 3.0B
2018 —– U$ 4.6B
2019 —– U$ 6.5B
2020 —– U$ 9.7B
2021 —– U$ 13.8B

 


 

O futuro dos influenciadores digitais

A inserção dos influenciadores no marketing transforma a dinâmica no mercado. Com o crescimento do público dessas pessoas, o alcance é maior e a relação se estreita, o que pode beneficiar as empresas que as contratarem. Essas transformações possibilitam uma criação da própria marca, como Rafael Coimbra citou no podcast da MIT Technology Review Brasil:

“O futuro dos influenciadores será profissional. Além da relação com a marca, muitos influenciadores estão virando marcas. Quanto mais profissionais eles se transformam, mais eles usam os recursos e camadas digitais. Hoje, é possível um influenciador ter seu próprio marketplace, algo que antes só era possível com acordos com empresas”, explica.

 


 

Referências

Influencer Marketing Hub
https://influencermarketinghub.com/influencer-marketing-benchmark-report-2021/

Influency
https://www.influency.me/blog/tamanho-do-mercado-do-marketing-de-influencia-mundial/

Marketing Cultural
https://marketingcultural.com.br/wp-content/uploads/sites/1/2018/10/Pesquisa-O-mapa-do-marketing-de-influe%CC%82ncia-no-Brasil-1.pdf

MIT Technology Brasil
https://mittechreview.com.br/15-bilhoes-de-razoes-para-sua-marca-priorizar-o-marketing-de-influenciadores/
https://mittechreview.com.br/influenciadores-digitais-e-as-novas-regras-do-jogo/

Quer tirar uma dúvida?

Entre em contato preenchendo o campo ao lado.

Entre em contato preenchendo o campo abaixo.

Seta para cima