Entendendo a URL do APEX

Entendendo a URL do APEX

12:00 16 February in Desenvolvimento de Aplicações, Implantação de Soluções
0 Comments

Olá, pessoal, dando continuidade à série de artigos sobre APEX, hoje vamos falar sobre um tema muito importante no APEX, o entendimento de sua URL. É muito importante saber como a URL é constituída.

Para esse artigo, utilizarei a aplicação de demonstração que criamos no artigo anterior:

Hoje vamos focar na parte da URL a partir de “f?p=:”, os parâmetros são delimitados por “:”.

f?p=1:2:3:4:5:6:7:8:9

1. Identifica o ID da aplicação no APEX, pode-se utilizar também o Alias da aplicação:

01

A variável de ambiente :APP_ID contem o ID da aplicação corrente.

2. Identifica o ID da página, pode-se utilizar também o Alias da página:

02

A variável de ambiente :APP_PAGE_ID contem o ID da aplicação corrente.

3. Identifica o ID da sessão no APEX, é o número que a sessão carrega por toda sua “vida”.

Esse ID não pode ser reutilizado em outra chamada de URL. Quando não informado esse parâmetro, o APEX automaticamente gera um novo ID e redireciona a sessão para a página de login para validação de acesso.

A variável de ambiente :APP_SESSION contem o ID da sessão corrente.

4. Identifica a forma de solicitação que a página será executada.

Por exemplo , podemos chamar a página 2 (uma página de report) exportando-a como CSV, HTML, XSL ou PDF.

5. Quando o parâmetro é “YES”, identifica-se que a aplicação está em modo de debug. Este modo não pode ser ativado por usuários. Valor padrão, NO.

6. Esse parâmetro permite limpar as informações de cache da sessão: 

  • P – Página: Limpa o cache da página P.
  • I- Item: Limpa o cache do item I.
  • RP – Reset Pagination: Posiciona para a primeira página o reports da página.
  • APP – Aplicação: Limpa o cache de todas as sessões a aplicação.
  • SESSION – Sessão: Limpa o cache da sessão corrente.

É possível resetar a páginação de vários reports de várias páginas ao mesmo tempo, basta passar o comando RP seguido do ID das páginas delimitados por “,”. Por exemplo: RP,1,2

7. Lista de itens da página separados por “,”.

8. Lista de valores que serão atribuídos para os itens informados no parâmetro 7.

Deve ser informado na mesma ordem do parâmetro 7. Exemplo:

No parâmetro 7 temos os itens “P2_NOME,P2_IDADE”. No parâmetro 8 deveremos informar o nome e a idade na mesma ordem que foi informado os itens; “LEONARDO LITZ,25”.

9. Impressão Amigável.

Determina se a página será exibida no modo de impressão amigável. Deve-se informar YES para ativar essa funcionalidade.

03

Exemplo:

f?p=30361:2:13530165033138::NO::P2_MATRICULA,P2_NOME,P2_SALARIO:12,LEONARDO,\1234,99\:YES

Na URL exemplo acima temos os valores:

  • 30361 – ID da aplicação.
  • 2 – ID da página.
  • 13530165033138 – ID da sessão.
  • NO – Modo de debug desativado.
  • P2_MATRICULA,P2_NOME,P2_SALARIO – Itens que terão seus valores atribuídos.
  • 12,LEONARDO,\1234,99\ – Valores. 12 para o item P2_MATRICULA, LEONARDO para o item P2_NOME e 1234,99 para o item P2_SALARIO, Veja que está sendo utilizado a \ como caractere de escape para identificar que o valor contem um caractere reservado como do APEX “,” ou “:”.

Pessoal, nesse artigo vimos o significado dos parâmetros da URL do APEX.

[Créditos da imagem em destaque: Shutterstock]

**Este texto é uma produção independente e, portanto, de inteira responsabilidade do autor, não refletindo a opinião da Infobase.

Leonardo Litz

leonardo.litz@iinterativa.com.br

Leonardo Litz é formado em Análise de Sistemas pela Uniban. Possui experiência em análise, implementação e desenvolvimento de softwares com Oracle Forms/Reports e PL/SQL e certificação Oracle Advanced PL/SQL Developer Certified Professional 11g.